Dica de Leitura

Capa do livro

Noções Gerais de Direito e Formação Humanística

Editora: Juspodivm
Autor: João Paulo Lordelo
Número de páginas: 272
Ano de publicação: 2017
Edição: 1

Preço: R$ 59,90

Comprar o livro

Organizado de acordo com o programa da Resolução 75/2009 do Conselho Nacional de Justiça – CNJ

Quando, no ano de 2012, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia publicou o Edital nº 01, deflagrando o concurso público para ingresso no cargo de Juiz de Direito Substituto, deparei-me, pela primeira vez, com o desafio de estudar o programa das “Noções gerais de Direito e formação humanística”.

Naquela época, o “tribunal mais antigo das Américas” se encontrava num jejum de alguns anos sem admitir novos juízes, razão pela qual muitas vagas vieram a ser oferecidas. Era uma oportunidade de ouro. Depois de muito estudar e revisar o conteúdo das demais disciplinas, procurei algo que ajudasse a estudar os então desconhecidos temas da Psicologia Jurídica, Sociologia Jurídica, Ética e Estatuto da Magistratura e Teoria Geral do Direito e da Política.

Embora houvesse (e haja) diversos livros sobre os referidos temas, eles careciam de sintetização das informações exigidas pela Resolução 75/2009 do CNJ e de amparo aos estudantes que buscavam por questões cobradas em provas. Consequentemente, li diversos livros muito extensos para, no dia da prova, me deparar com assuntos que não haviam sido abordados em minha leitura.

Embora, por sorte divina, tenha conseguido a sonhada aprovação no concurso público, prometi a mim mesmo que escreveria este livro, que se encontra em suas mãos, valendo-me também das notas que fiz e das aulas que ministrei em cursos preparatórios para concursos públicos, especialmente com base nas questões cobradas nos concursos da magistratura estadual, federal e do trabalho. Após postergar algumas vezes o projeto, resolvi enfim colocá-lo em prática, tomando as cautelas necessárias para escrever algo que seja, ao mesmo tempo, objetivo e completo.

O resultado são as páginas seguintes, que espero que agradem ao leitor da mesma forma que me foi agradável escrevê-las.

Uma boa leitura!

O Autor