Farmácia de Manipulação ganhou o direito de utilizar derivados de cannabis em suas fórmulas.

A 1º Câmara de Direito Público do TJ/SP manteve decisão da 2º Vara da Fazenda Pública de São José do Rio Preto SP, com isso a vigilância sanitária não poderá impor qualquer restrição quanto ao uso da cannabis sativa como base para produção de seus medicamentos.


Ver todos os posts