Homem que teve nome obsceno adicionado na carteira de trabalho será indenizado

Ao utiliza a carteira digital de trabalho, em 2019 para solicitar seguro desemprego, o homem percebeu alterações em seu nome social, após receber notificações e se deparou com um nome obsceno.

Ele procurou o Poupatempo de sua cidade, para a exclusão do nome social, e foi informado que eles não poderiam fazer alterações.

O autor então ingressou com uma ação, alegando ter sofrido constrangimento e abalo psicológico para arrumar outro emprego.

Ele deverá ser indenizado pelo INSS, no valor de R$5Mil Reais de acordo com a decisão do magistrado, o nome que se encontrava em sua carteira era “ZÉ B****A DA SILVA”.


Ver todos os posts