Mulher com processo trabalhista em trâmite a 30 anos tem decisão negada

Uma ex-servidora pública que ajuizou uma indenização trabalhista no valor de R$200 Mil Reais, há 30 anos, teve o pedido negado pela justiça.

Na época outros 31 servidos também ingressaram com ação contra o Estado em que trabalhavam, mas nenhum deles obtiveram resposta do judiciário, e ao decorrer das décadas, 7 deles vieram a falecer.

A decisão que já se arrasta por três décadas, teve pedido negado, e o juiz argumentou que as falhas se dão de acordo com sistema processual de um todo.

O processo ainda não passou pelo trânsito julgado, o que significa que a autora poderá recorrer.


Ver todos os posts