O INSS passará a usar em breve inteligência artificial para atendimentos ao público.

Os robôs serão utilizados na fase inicial para recursos de benefícios negados, as medidas publicadas contam em conjunto com a previdência social e o ministério do trabalho.

Quando se tem o pedido negado de benefício, os recursos devem ser feitos no prazo de 30 dias, juntamente com todos os documentos enviados novamente para análise, o que antes eram feitos por servidores, agora passará pela robótica.

A medida também poderá analisar se tramitam mais de um processo no nome da mesma pessoa com o mesmo objetivo, afim de excluir a duplicidade.

Os robôs também darão parecer técnico de perícias médicas federais, benefícios médicos por incapacidade previdenciários e laudos acidentários do Sabi (sistema de administração de benefício por incapacidade).  

O sistema veio para facilitar a vida dos usuários, afim de agilizar processos e diminuir esperas.


Ver todos os posts