Vínculo de emprego entre cabelereira e salão de beleza é negado pelo TRT-15.

Por constatar eventualidade, independência do empregador e ausência de salário, a 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região afastou o vínculo de emprego entre salão de beleza e uma cabelereira.


Ver todos os posts